Conversê du Cinéma
  • Lipe Fonseca
11 episodes
Um podcast sobre seu filme favorito. Pessoas queridas convidadas para relembrar quando viram seu filme favorito pela primeira vez e o que mudou desde então.

Episodes

#10 Um diretor, dois bons filmes: Medianeras e Las Insoladas
2021 Mar 0110m 5s
Nem todo filme argentino é bom: muitos deles são ótimos! Pra mim, Medianeras [2011] e Las Insoladas [2014] são dois exemplos que merecem muito serem vistos e revistos. O primeiro, um filme de amor baseado nos desencontros da vida, enquanto o segundo é uma comédia literalmente ensolarada em que seis amigas se bronzeiam para um concurso de dança. O diretor Gustavo Taretto acertou nessas duas vezes e se tornou um querido de quem ama cinema. Eles marcaram muito minha experiência com o cine argentino, espero que também goste!
#09 Susto no Zoom em Cuidado Com Quem Chama
2021 Feb 2211m 9s
Nosso primeiro episódio sem convidado, sem spoiler, sem pé, nem cabeça. Quero dizer, tem pés e eles aparecem em um momento nada agradável no filme Cuidado Com Quem Chama [Rob Savage, EUA, 2020].
#08 André Campos Filippe e os queridos dinossauros de Jurassic Park
2021 Feb 1550m 8s
Barney, Dino ou Blue: qual seu dinossauro favorito? O meu é uma lista. Seres extintos, eles voltam à vida pelas mãos de um diretor que pode contar histórias de tubarão, extraterrestre e robôs. Falamos disso com o André Campos Filippe porque ele trouxe pra pauta o Jurassic Park [Steven Spielberg, EUA, 1993], vencedor de 3 Oscars® e do nosso coração jurássico. Aproveitamos para conversar sobre subtramas desse filme como corporativismo, ciência e cinema de fantasia.
#07 Rodrigo Daniel Sanches e o dilema da Rede de Intrigas
2021 Feb 0844m 43s
Ao ser demitido, o apresentador de um telejornal anuncia que vai se matar ao vivo. Ironicamente, é assim que ele consegue o emprego de volta e dá origem ao roteiro de Rede de Intrigas [Sidney Lumet, EUA, 1976]. O convidado Rodrigo Daniel Sanches, professor universitário e pesquisador, escolheu um filme que renderia mais de um episódio, poderíamos fazer uma série de TV, mas isso seria metalinguístico demais.
#06 Letícia Spinardi, Chef e filme de dar fome
2021 Feb 0147m 30s
Un, dos, tres, un pasito pa'lante María. Nosso episódio mais latino começa e termina ao som da trilha sonora do filme Chef [Jon Favreau, EUA, 2014]. Minha convidada foi a primeira pessoa que entrevistei na vida. Dezesseis anos depois, a publicitária e especialista em marketing digital, Letícia Spinardi, aceitou nova entrevista e, nessa conversa comemorativa, a gente reflete sobre nosso contexto.
#05 Kelly Laenia, Pequena Miss Sunshine e tutorial para empurrar kombi
2021 Jan 2546m 42s
Sugerimos pra banda Devotcka tocar nesse episódio especial pré-vacina, mas como não foi possível, usamos parte da trilha sonora do Pequena Miss Sunshine [Valerie Faris, Jonathan Dayton, EUA, 2006]. Aliás, esse filme é o tema dessa conversa. Kelly Laenia, jornalista e convidada, escolheu uma ótima história para assumir publicamente que ela também já empurrou carro na adolescência. Quem nunca?
#04 Daniele Figueiredo e aquela pirueta final do Cisne Negro
2021 Jan 1846m 12s
Abrimos o episódio ao som de O Lago dos Cisnes, na versão da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte. A conversa foi com a relações públicas Daniele Figueiredo sobre o filme Cisne Negro [Darren Aronofsky, 2010].
#03 Ana Paula Novaes, Curtindo a Vida Adoidado e sessões das tardes
2021 Jan 1143m 44s
Existem dívidas que nos dão prazer quando são finalmente pagas: assistir ao filme Curtindo a Vida Adoiado [John Hughes, 1986] é uma dessas. A jornalista e podcasterAna Paula Novaes escolheu essa história para resgatarmos o tempo em que nossos maiores dilemas duravam um dia e os filmes eram parte de uma sessão da nossa tarde, um verdadeiro cinema em casa ;)
#02 Vanessa Spirandeo, trocadilhos e Sociedade dos Poetas Mortos
2021 Jan 0443m 20s
O filme passou dos 30, mas é muito atual: Sociedade dos Poetas Mortos [Peter Weir, 1989] é sobre carpe diem. E muito mais! Ele traz Robin Williams no papel de um professor que incentiva seus alunos a questionarem o status quo, recita poesia, manda beijo para o Lord Byron. A dica é da jornalista e especialista em Marketing Digital, Vanessa Spirandeo, com quem conversei sobre as 497 vezes em que ela assistiu ao filme, inclusive com o filho.
#01 Igor Carvalho e o Central do Brasil: um filme sobre amizade
2020 Dec 2849m 45s
A escolha de Igor Carvalho, jornalista e especialista em roteiro, não poderia ser melhor: Central do Brasil [Brasil, 1998] é um história pé na estrada, pé na porta e pé no chão. Nessa conversa, a gente relembrou da[s] primeira[s] vez[es] em que ele viu este filme e do encontro com o ator Vinicius de Oliveira.